Notícias / 2019.11.21

70% dos estrangeiros gostariam que houvesse um contrato de menos de 1 ano sob o argumento de que "voltariam para seus países".

A YOLO JAPAN (presidente: Taisuke Kaji, com a matriz localizada em Minato-ku, Tóquio, abaixo denominada "YOLO JAPAN") maior plataforma de mídia no Japão voltada para estrangeiros residentes no país, com mais de 130 mil associados de mais de 226 países, realizou uma pesquisa sobre telefones celulares. O resultado da pesquisa mostrou que quase 60% dos estrangeiros encontram dificuldades quando o assunto é telefone celular. Trâmites difíceis e poucas operadores que oferecem um contrato por um período curto, são algumas delas.
※A pesquisa foi feita entre 24 de maio e 23 de junho de 2019. Responderam à pesquisa 597 pessoas de 81 países, todos associados da YOLO JAPAN.
Do total, quase 60% dos que responderam (57%) já tiveram dificuldades com os trâmites para adquirir um celular. 44% afirmaram ter tido dificuldade para ler o contrato, enquanto que 33% alegaram ter tido dificuldade em se comunicar com o funcionário da operadora e, 19% alegaram que o excesso de planos causou dificuldade em decidir qual seria o melhor. Dentre os que responderam ter dificuldades em ler o contrato, e não tiveram ajuda do funcionário "Um amigo japonês leu", respondeu uma mulher na faixa dos 30 anos do Mianmar. "Usou o Google Tradutor", disse uma moça vietnamita na faixa dos 20 anos.
Além disso, quase 60% dos que responderam à pesquisa, 57% disseram que mesmo após terem fechado contrato, encontraram dificuldades para apresentar cartão de crédito, caderneta bancária e carimbo pessoal, necessários para o pagamento, e acabaram por levar mais tempo que o normal. Isso mostra o que passa um estrangeiro quando o assunto é fechar contrato para se ter um telefone celular.

Com relação à tarifa do celular, mais da metade considera cara. Dentre as pessoas que responderam, 70% paga mais de ¥3.000 mensais, enquanto que 1/4 despende mais de ¥10 mil por mês.

"Estou pagando uma tarifa mensal muita cara e por isso estou pensando em mudar de operadora" (Americano na faixa etária dos 30 anos e usuário de uma das grande operadoras). "Antes eu tinha um plano de 2GB e era muito pouco, aí eu mudei para um maior, de 6GB e aí sobrou" (Húngara na faixa etária dos 20 anos). Estas foram algumas das respostas levantadas e que mostram que os consumidores preferem planos mais baratos e mais de acordo com o perfil de cada usuário.
Para resolver este problema dos estrangeiros com relação aos telefones celulares a YOLO JAPAN oferece a YOLO MOBILE promovida pela JP MOBILE que, além de multilingue, oferece tarifas mais baratas com pagamentos em lojas de conveniência e sem a necessidade de conta bancária ou cartão de crédito, além de ter contrato mais livre.

Para mais informações, veja abaixo.
https://www.yolo-japan.com/pt/mobile/

Artigos relacionados

Serviço